Temos que dedicar atenção especial aos traumas fechados, pois muitos casos de hemorragia interna acontecem mesmo quando não há nenhum corte na pele, os órgãos internos podem estar rompidos ou esmagados por uma compressão forte como, por exemplo, contusões do pescoço, tórax e abdômen.

            Descobrir um hematoma é importante para avaliar a possibilidade de hemorragia interna quando o paciente está inconsciente e impossibilitado de indicar a localização da dor do trauma.

Sinais que são suspeitas de hemorragia interna:

 

  • Saída de sangue ou secreções pelo nariz ou orelhas
  • Observar se o paciente está vomitando ou tossindo sangue
  • Contusões no pescoço
  • Contusões no tórax com possíveis costelas fraturadas (indicam perfuração de pulmão ou fígado)
  • Dor abdominal